JONATHAN AZEVEDO FAZ SUCESSO COM KRAUDINHA, DOMÉSTICA QUE DESAFIA PATROAS A LAVAREM LOUÇA: ‘ESCRAVIDÃO ACABOU? MAIOR MENTIRA’

Escrito por em 22/06/2020

A reclamação geral de muita gente que está tendo que lavar a própria louça, fazer faxina, cozinhar, cuidar da roupa e tudo o mais que demanda uma casa acabou inspirando Jonathan Azevedo a criar uma personagem em plena pandemia. Kraudinha, diarista, negra, moradora da comunidade e dona de um senso de humor mordaz já é um sucesso após o ator gravar vídeos despretensiosos e publicá-los em seu perfil no Instagram.

“Comecei a ver todo mundo parecendo um chef mostrando o prato bonito que fazia em casa. E nos vídeos sempre passava ali, quase despercebida, uma mãozinha preta fazendo o serviço pesado, que todo mundo reclama. Alguém tinha que chamar atenção para isso e percebi que com humor poderia despertar algumas reflexões”, justifica Jonathan.

Morador do Vidigal, na Zona Sul do Rio, ele percebeu que muitas vizinhas estavam vivendo o dilema de ter que ir trabalhar porque suas patroas não as haviam dispensado para o isolamento, e muitas destas domésticas não poderiam continuar sustentando suas famílias.

“Aqui no beco está cheio de exemplos como estes. A minha madrinha mesmo serviu de inspiraçãoo para a Kraudinha”, conta.

Kraudinha, interpretada por Jonathan, sem nenhuma produção ou roteiro, toca na ferida. Num dos vídeos, ela faz um tutorial para sua patroa Margô de como ela deve lavar seus pratos. Noutro, aparece sambando, pedindo que Margô a deixe em casa tomando sua cervejinha e sambando para que ela própria possa cuidar dos filhos e dos afazeres domésticos. Em mais um, Kraudinha criou um empreendimento: o delivery de louça lavada.

“E ela cobra caro para mandar um mototáxi buscar a louça na patroa e entregar limpinha”, diverte-se o ator, que quer mostrar como o trabalho dessas mulheres é imporante e mal remunerado: “Você faria todo o serviço que uma diarista faz pelo que você paga? Duvido! É essa discussão que temos que levantar. Dizem que a escravidão acabou, né? Isso é a maior mentira contada”.

Jonathan teve tanto retorno dos vídeos, que Kraudinha já vem sendo patrocinada por uma marca de produtos de limpeza. O que o impulsionou a querer desenvolver mais conteúdos para sua personagem. “Agora estou montando uma produtora e chamei uma turma para roteirizar. A Kraudinha é uma forma de discutir várias questões, entre elas o racismo”, avalia.

Jonathan Azevedo e o filho Matheus Gabriel
Jonathan Azevedo e o filho Matheus Gabriel Foto: reprodução/ instagram

Pai de primeira viagem, do menino Matheus Gabriel, de 8 meses, Jonathan diz que deseja para o filho uma realidade diferente: “Que ele não precise passar por nada do que ainda passamos e que sua cor não seja limitante para que tenha oportunidades na vida. Ele me faz enxergar todos os dias que é preciso expor a realidade para que as pessoas entendam de uma vez por todas que tratam o preto como alguém inferior. A Kraudinha é minha forma de gritar e cutucar a sociedade”. .

Retirado de Jornal Extra


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]